Reflexões Ambientais: Para onde levar as crianças aos fins de semana?

Reflexões Ambientais: Para onde levar as crianças aos fins de semana?

Quem tem filhos pequenos sabe como é difícil escolher uma programação para o final de semana. A pergunta clássica nesses dias é: o que vamos fazer hoje? Aonde vamos? Ao Shopping? Ao cinema? Ao parque? Essa preocupação corriqueira se torna ainda mais complexa quando se fala em escolher atividades e locais que sejam ao mesmo tempo atraentes para as crianças e adequados para o seu desenvolvimento.

Para a Psicologia Ambiental este tipo de reflexão é muito pertinente, pois o contexto físico influencia diretamente o desenvolvimento infantil e a forma como as crianças sentem, pensam e se comportam.

Pensando nessa questão, talvez a sugestão que os psicólogos ambientais apresentam seja simples: levar a criança até os espaços públicos pode ser uma experiência muito interessante, pois é uma maneira de permitir que as crianças conheçam, visitem e vivenciem a cidade em que vivem.

Não precisa ser necessariamente um parque ou uma praça: o simples fato de se observar o bairro, as ruas, as casas e as árvores, cada vez mais escassas, já é suficiente para que a criança entre em contato com questões sociais, econômicas, de qualidade da moradia, heterogeneidade étnica, mobilidade… Sem falar das condições de bairro e vizinhança, de suporte social, coesão entre vizinhos, senso de pertencimento à comunidade, confiança…

Assim, a mensagem que fica para os pais é que usar a cidade como aliada nos fins de semana pode contribuir significativamente para desenvolver em seus filhos o protagonismo social, a independência e a capacidade da criança atuar de forma ativa na sociedade.

Ou seja, ao utilizar a cidade como opção, pode ser que no próximo fim de semana não caiba mais aos pais a árdua tarefa de escolher para onde levar as crianças…

Para saber mais:

Deiskell, D. (1997). Creating better cities with children and youth: A manual for participatory research and action. Workshop edition.

Por Ingrid Luiza Neto, doutoranda e atual membro do Laboratório de Psicologia Ambiental

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s